09 agosto 2006

A história do Senhor Sommer - Patrick Suskind

À semelhança do livro do Jorge Amado, este também é óptimo para se ler numa bela tarde de praia. Mais sóbrio e consistente, este é um livro que faz recordar episódios de infância que teimosamente não esquecemos e, sem se saber muito bem porquê, marcam-nos eternamente. Tal como nunca me esqueci que uma vez fui para a aula de música só com uma meia calçada e a outra no bolso, agora não me esquecerei do episódio da ranhoca na tecla do fá sustenido :)

1 comentário:

susana disse...

já li este livro há mais de 8 anos e consigo recordar a boa memória da sua mensagem como se o tivesse ontem! foi seguramente das melhores experiências que tive. e quando terminei de ler simplesmente senti que tinha de o reler e reler e reler porque a sensação é tão boa é uma leveza tão grande que não dá vontade de parar!